domingo, 16 de novembro de 2008

C.R.Vasco da Gama

1972

Crédito: http://www.supervasco.com/

Apelido: Vasco da Gama
Nome Real: Club de Regatas Vasco da Gama
Fundação: 21/8/1898
Endereço: Rua General Almério de Moura 131 / Vasco da Gama
CEP:20921-060 - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 580-7373
Estádio: São Januário (35.000)
Uniforme: Preta com listra diagonal branca e Cruz de Malta no peito
Web Site: http://www.crvascodagama.com/

Principais Títulos

Campeonato Sul-americano: 1948
Copa Libertadores: 1998
Copa Mercosul: 2000
Campeonato Brasileiros: 1974, 1989, 1997, 2000
Torneio Rio-São Paulo: 1958, 1966, 1999
Campeonato carioca: 1923, 1924, 1929, 1934, 1936, 1945, 1947, 1949, 1950, 1952, 1956, 1958, 1970, 1977, 1982, 1987, 1988, 1992, 1993, 1994, 1998, 2003

O Ídolo: Tostão
Nome: Eduardo Gonçalves de Andrade
Nascimento: 25/1/1947, Belo Horizonte-MG
Período: 1972 a 1973
Posição: Atacante
O Mineirinho de Ouro, integrante do mitologico ataque da seleção que conquistou o tricampeonato mundial em 1970, veio do Cruzeiro para o Vasco em abril de 1972, na maior transacao envolvendo clubes brasileiros ate' aquela epoca. Como jogador do Vasco, naquele mesmo ano sagrou-se campeao da Minicopa pelo Brasil. A contratacao de Tostao foi o simbolo do inicio de uma nova fase no Vasco, que passava por uma crise, e empolgou a torcida. Infelizmente, os vascainos nao puderam contar por muito tempo com seu futebol brilhante e inteligente. Depois de um ano, Tostao voltou a sentir os problemas cronicos na vista, consequencia de um descolamento na retina que sofrera em 1969 ao levar uma bolada do zagueiro Ditao, do Corinthians. Depois de passar varios meses fora do time, acabou abandonando o futebol no inicio de 1974.

Histórico
O Club de Regatas Vasco da Gama foi fundado no dia 21 de agosto de 1898 às 14 horas e 30 minutos, segundo sua ata de fundação. A reunião marcada para fundar o Clube ocorreu na sede da Sociedade Dramática Filhos de Talma, situada à Rua da Saúde nº 293, e dela tomaram parte 62 pessoas. O primeiro presidente do Clube foi Francisco Goçalves Couto Junior, eleito nesta mesma reunião com 52 votos, enquanto o primeiro vice-presidente foi Henrique M. Ferreira Monteiro, eleito com 41 votos. O nome escolhido foi uma homenagem ao Almirante Vasco da Gama, que, em 27 de maio de 1498, havia pouco mais de 400 anos, tinha descoberto o caminho marítimo para as Índias.

Ao contrário do que sempre se afirmou, o Vasco começou a competir ainda em 1898, participando no dia 13 de novembro daquele ano de uma regata em homenagem às datas nacionais, disputada no Club de Regatas Botafogo e sob patrocínio da União de Regatas Fluminense. O Vasco participou de dois páreos, mas não ganhou nenhum. A primeira vitória só veio a acontecer em 4 de junho de 1899, em outro páreo promovido pela URF no mesmo local (Botafogo). O primeiro título carioca de Remo veio em 1905, com o bicampeonato em 1906.

A primeira sede do Vasco foi na Rua da Saúde, mas logo foi transferida para a Ilha das Moças. Nesta época, o Clube já contava com 251 sócios. Mais tarde, a sede foi removida para a Travessa do Maia nº 15 e o Vasco alugou um barracão na Rua do Passeio, nº 18, para servir de garagem para os barcos. Este barracão serviu também para os treinamentos das primeiras equipes de tiro e ginástica. A equipe vascaína de Remo continuava a colecionar títulos, como o tricampeonato carioca de 1912, 1913 e 1914.

Em 1915, o "vírus" do futebol começou a contaminar o Vasco. Animados pela visita de um combinado português que em 1913 fez uma excursão ao Rio de Janeiro, alguns sócios fundaram o Departamento de Futebol do Clube no dia 26 de novembro de 1915, graças a uma fusão com o Lusitânia, clube de futebol da época fundado por imigrantes portugueses.

A estréia do Vasco em jogos oficiais foi em 3 de maio de 1916, ná época feriado de comemoração do Descobrimento do Brasil. Jogando pela terceira divisão da LMDT, o Vasco perdeu por 10 a 1 para o Paladino. Coube a Adão Antônio Brandão - o maior atleta da História do Clube, campeão em várias modalidades - a honra de fazer o primeiro gol oficial do Vasco. A primeira vitória do Vasco veio em 29 de outubro do mesmo ano, ao vencer o River São Bento por 2 a 1 em um jogo dramático.



VASCO DA GAMA (RJ) 1 x 0 ATLÉTICO MINEIRO (MG)
Data: 10/09/1972
Campeonato Brasileiro
Local : Estádio Do Mineirão / Belo Horizonte
Arbitro : Dulcidio Vanderlei Boschilia
Público : 14.659
Gols : Roberto Dinamite 24/2º
VASCO DA GAMA: Andrada, Paulo César, Joel Santana, Moisés, Alfinete, Alcir, Buglê, Jorginho Carvoeiro, Silva (Roberto Dinamite), Tostão e Gílson Nunes / Técnico : Mário Travaglini
ATLÉTICO MINEIRO: Mazurkiewicz, Cincunegui, Raul Fernandes, Vantuir, Cláudio, Vanderlei, Humberto Ramos, Paulinho, Dario, Lola e Romeu / Técnico : Telê Santana

VASCO DA GAMA (RJ) 2 X 0 SANTO ANTONIO (ES)
Data : 19/11/1974
Amistoso Interestadual
Local : Estádio Engenheiro Araripe (Cariacica - ES)
Arbitro : Henrique José Ribeiro
Gols : Neném e Bill
VASCO DA GAMA: Andrada (Mazarópi), Fidélis (Paulo César), Miguel (Joel Santana), Moisés, Alfinete, Alcir (Gaúcho), Zanata (Ademir), Fred, Bill, Neném, Luís Carlos (Galdino) / Técnico : Mário Travaglini
SANTO ANTONIO: George, Ferreti, Pulica, Fontana (Adalberto Souza), Gaúcho, Pogito, Eli, Suingue (Arnaldo), Garrincha (Elízio), Zuza e Zureta
Obs : Garrincha e Fontana jogaram Pelo Santo Antônio

VASCO DA GAMA (RJ) 0 x 0 FIGUEIRENSE (SC)
Data
: 12/06/1974
Amistoso Interestadual
Local
: Estádio Orlando Scarpelli (Florianópolis - SC)
Arbitro : Gilberto Nahas
VASCO DA GAMA: Andrada, Paulo César (Gílson Nunes), Joel Santana, Fidélis, Alfinete, Alcir (Gaúcho), Zanata (Ademir), Fred, Jorginho Carvoeiro, Roberto Dinamite (Amarildo) e Jaílson / Técnico : Mário Travaglini
FIGUEIRENSE: Nilson, Pinga, Jaílson, Nelson, Elton, Adailton, Jorge Luiz (Betinho), Caco (Izalto), Marcos, Jaci e Zé Carlos
Obs : Amistoso em comemoração dos 53 anos do Figueirense

VASCO DA GAMA (RJ) 1 x 2 PORTUGUESA (RJ)
Data:
01/11/1958
Campeonato Carioca
Local: Estádio Jornalista Mário Filho / Maracanã / Rio de Janeiro
Árbitro: Eunápio Gouveia de Queiróz
Gols: Pinga, Tião Macalé/pênalti e Lua
VASCO DA GAMA: Miguel, Dario, Bellini, Coronel, Écio, Orlando, Ramos, Teotônio, Delém, Rubens e Pinga. TEC.: Gradim.
PORTUGUESA: Antoninho, Flodoaldo, Juvaldo, Tião II, Miraldo, Russo, Barbosinha, Lua, Sabará, Tião Macalé e Ronaldo.

GOIÁS (GO) 2 X 4 VASCO DA GAMA (RJ)
Data: 25/08/2002
Juíz: Márcio Rezende de Freitas (Fifa-SC)
Renda: Cr$103 902.000
Público: 11 981;
Gols: Géder (contra), Souza,Cadu e Rodrigo Souto; Washington e Finazzi
GOIÁS: Harley, Neném, Renato,Milton do Ó, Marquinhos, Túlio, (Marcinho 16/2) ,Josué (Zé Carlos 23/2),Marabá, Danilo, Kleyr (Finazzi intervalo) e Araújo Técnico: Edinho
VASCO DA GAMA: Fábio,Wellington, Marcelo, Géder e Uéderson; Henrique, Rodrigo Souto, Bruno Lazaroni (Émerson 33/2) e Léo Lima; Souza (Washington 12/2) e Ely Thadeu (Cadu 23/2) / Técnico: Antônio Lopes

VASCO DA GAMA 1 x 1 NÁUTICO (PE)
Data : 03/11/1976
Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Do Arruda / Recife
Arbitro: Roberto Nunes Morgado
Público: 16.185
Gols : Roberto Dinamite 27/ e Marquinhos 32/2º
VASCO DA GAMA: Mazarópi, Toninho, Abel, Gaúcho, Marco Antônio, Zé Mário, Zanata, Luís Carlos, Luís Fumanchu, Roberto Dinamite e Galdino / Técnico : Paulo Emílio
NÁUTICO: Luís Fernando, Borges, Beliato, Gerailton, Clésio, Ednaldo, Toninho Vanusa, Dedeu, Liminha (Zé Maria), Mário e Marquinhos / Técnico : Waldemar Carabina

2 comentários:

minhosantana disse...

Jorge,

meu nome é Marcelo Sant'Ana. Sou jornalista de Salvador.

Vi no seu site fotos antigas de times do Bahia e gostaria de entrar em contato com vc.

Meu e-mail é: minhosantana@hotmail.com

O blog é:
www.blogdomarcelosantana.futebolbaiano.net

Abraço e parabéns

Anônimo disse...

CARO MARCELO SANTANA.
ESPERO QUE O AMIGO JORGE TE ATENDA.
SÓ QUE ATÉ HOJE ESTOU ESPERANDO RESPOSTA QUE COLOQUEI NO SEU BLOG SOBRE O BAHIA.
JÁ FAZ MAIS DE QUINZE DIAS E VOCÊ SIQUER RESPONDEU, SIM OU NÃO.
CARO JORGE, ATENDA O AMIGO.
WALDEVIR.