domingo, 9 de novembro de 2008

Ferroviário A.C.




Em pé: Naza, Batista, Lima, Roberval, Santos e Branco.
Agachados: Ricardo Lima, Cicero ramalho, Basilio, Batistinha e Reginaldo.




Apelido: Ferroviário
Nome Real: Ferroviário Atlético Clube
Fundação: 09/05/1933
Endereço: Rua Dona Filó 650 - Barra do Ceará
CEP:60330-060 - Fortaleza/CE
Telefone: (85) 485-2191
Estádio: Elzir Cabral (5.000)
Uniforme: Branca com faixas horizontais pretas e vermelhas, branco, brancas
Web Site: http://www.ferrao.com.br/
E-Mail: info@ferrao.com.br


Principais Títulos


1940 Campeão do Torneio Início
1941 Campeão do Torneio Início
1945 Campeão Cearense
1946 Campeão do Torneio Início
1949 Campeão do Torneio Início
1950 Campeão Cearense
1952 Campeão Cearense
1964 Campeão do Torneio Cinqüentenário do Ceará
1966 Campeão do Torneio Início
1967 Campeão do Quadrangular Interestadual
1968 Campeão Cearense
1969 Campeão da Copa Estado do Ceará
1970 Campeão Cearense
Bicampeão da Copa Estado do Ceará
1975 Campeão do Torneio Bayma Kerth
1976 Campeão do Torneio Evandro Ayres de Moura
Campeão da Taça Humberto Bezerra
1979 Campeão Cearense
1988 Campeão Cearense
1994 Campeão Cearense
1995 Bicampeão Cearense

O Ídolo: Adriano
Cria do próprio Ferroviário. Foi lançado no time principal em 1991 pelo técnico Djalma Linhares. Raçudo e bom de bola. Rapidamente ganhou a confiança do torcedor. Mesmo jovem, foi titular da equipe durante 1992. No ano seguinte foi vendido ao Sport (PE) onde teve destacada atuação, chegando à Seleção Brasileira. Atuou no futebol do exterior e em outros clubes do Brasil, como o Fluminense (RJ), Vasco da Gama (RJ) e Santa Cruz (CE)

POTIGUAR (RN) 1 x 2 FERROVIÁRIO (CE)
Data: 30/9/1979
Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Leonardo Nogueira / Mossoró
Renda: CR$ 398.600
Árbitro: Valdemar Justo de Carvalho
Gols: Xavier 04/1º,Jacinto 18, Dedé 40/2º
POTIGUAR:Índio, Edvaldo Morais, Nilo, Anchieta, Marinho, Zé Augusto
Ubirani, Chico Alves (Wellington, Nego Chico, Xavier (Boaventura), Odilon / Técnico: César Morais
FERROVIÁRIO: Cícero, Jorge, Jorge Luís, Celso, Aiala
Doca,Jacinto, Wilsinho (Jeová), Raulino, Babá (Vilane), Dedé

AMÉRICA (RN) 1 X 1 FERROVIÁRIO (CE)
Data: 11/02/1999
Campeonato do nordeste
Local: Natal/ Rio Grande do Norte
Público: 3.350 pagantes.
Renda: R$ 19.837,00.
Gols: Moura, Cristóvão
AMÉRICA: Gomes, Givanialdo (Flaviano), Rôni, Balu e Mingo, Januário (Célio), Carioca, Moura e Biro Biro (Leonardo), Fumaça e Cacaio / Técnico, Baltazar.
FERROVIÁRIO : Jorge Pinheiro, Dino, Aldemir, Alencar e Ivan, Rutênio, Otelo, Vado e Cantarelli, Cristóvão e Silvio (Claudio) / Técnico: Marcelo Villar.

ABC (RN) 2 x 1 FERROVIÁRIO (CE)
Data: 25/02/1999
Campeonato do nordeste
Local: Natal
Público: 2.774 pagantes.
Renda: R$ 20.504,00.
Árbitro: José Marcelino (PE)
Gols: Marcão, Tecy e Sílvio
ABC: Sílvio, Jamur, Marcão, Mário César, Ivanildo, Quinho, Théo (Rincón), Evandro, Robson, SérgioAlves (Joãozinho), Tecy (Marcelinho) / Técnico: Ferdinando Teixeira.
FERROVIÁRIO : Jorge Pinheiro, Dino, Alencar, Aldemir, Paulo Adriano, Ivan, Vado, Cantarely (Marquinhos), Sílvio, Otelo (Fabinho), Cristóvam (Webster) / Técnico: Marcelo Vilar.

FERROVIÁRIO (CE) 0 x 0 CEARÁ (CE)
Data: 10/03/1999
Campeonato do nordeste
Local: Fortaleza, Ceará.
Árbitro: Carlos Silva (CE).
Público: 4.005 pagantes.
Renda: R$ 19.967,00.
FERROVIÁRIO: Jorge Pinheiro; Chiquinho (Odair), Alencar, Cláudio e Ivan; Paulo Adriano, Vado, Marquinhos (Dino) e Cantarelly (Otelo); Sílvio e Cristóvão. - Técnico: Marcelo Vilar.
CEARÁ: Jefferson; Wilson (Paulinho), Erivélton, Valdson e Kel; Gilmar, Celinho e Sidcley (Dema) e Robertinho; Júnior e Cal (Paulo Tonello) / Técnico: Dimas Filgueiras.

FERROVIÁRIO (CE) 0 x 2 ABC (RN)
Data: 24/03/1999
Campeonato do nordeste
Local: Fortaleza, Ceará.
Público: 965 pagantes.
Renda: CR$ 2.895,00.
Árbitro: José Clisaldo França (PB).
Gols: Robson e Sérgio Alves
FERROVIÁRIO: Jorge Pinheiro, Chiquinho, Aldemir (Dino), Cláudio e Bertoldo (Marquinhos); Paulo Adriano, Ivan, Vado, Cristóvam; Sílvio e Bira / Técnico: Marcelo Vilar.
ABC: Schumacher, Humberto, Marcão, Mário César e Quinho; Ivanildo, Evandro, Sérgio Alves, e Éverton (Jamur); Robson (Rau) e Teo (Tecy) / Técnico: Ferdinando Teixeira.

CEARÁ (CE) 1 x 2 FERROVIÁRIO (CE)
Data: 28/04/1999
Campeonato do nordeste
Local: Fortaleza, Ceará.
Público: 2.560 pagantes.
Renda: R$ 11.661,00.
Árbitro: Mário Leonardo (CE)
Gols: Bira, Rutênio e Jaime
CEARÁ: Jefferson; Jaime, Airton, Erivelton e João Marcelo; Valdson, Paulo César (Acássio), Alexandre Dorta e Adãozinho; Osmar (Sandro Sotilli) e Júnior (Kal) / Técnico: Marcelo Vilar.
FERROVIÁRIO: Jorge Pinheiro; Dino, Alencar, Cláudio, Aldemir e Ivan; Paulo Adriano, Cantarelly e Vado (Chiquinho); Bira (Marquinhos) e Chico Peu (Rutênio) / Técnico: Newton Albuquerque.

FERROVIÁRIO (CE) 3 x 3 AMÉRICA (RN)
Data: 05/05/1999
Campeonato do nordeste
Local: Fortaleza / Ceará.
Público: 760 pagantes.
Renda: R$ 4.306,00.
Árbitro: Valdomiro Matias Filho (CE).
Gols: Bira, Sílvio, Chiquinho, Marcelo Fernandes (2) e George
FERROVIÁRIO: Jorge Pinheiro; Dino (Chiquinho), Alencar, Aldemir e Ivan; Cláudio, Vado, Bira e Paulo Adriano (Rutênio); Cristóvão (Sílvio) e Josivan / Técnico: Newton Albuquerque.
AMÉRICA: Marcelo; Marcinho, Marcelo Fernandes, Rony e Adaldo (Mingo); Gérson Caçapa, Carioca e Ivan (Biro-Biro); Rogers (Carlos Mota), George e Clayton / Técnico: Givanildo Oliveira.

5 comentários:

Rodrigo Estevam disse...

Olha, tantos títulos que o Ferroviário conquistou e a gente ás vezes nem sabe ou nunca ouviu falar da equipe. Não que os títulos sejam de expressão.

mas mesmo assim ser campeão Cearence diversas vezes não é para qualquer um!

Abraços...

Rodrigo Estevam
driblenet.blogspot.com

Jorge Costa disse...

O Ferroviário é a 3ª força do futebol cearense e já teve os seus dias de glórias e hoje perambula pela série B Brasileiro

Leo disse...

Por incrível que pareça, o principal inimigo do Ferroviário nesses tempos de vacas magras é a própria Federação Cearense que vem declaradamente prestigiando apenas CSC e FEC por terem torcida expressiva e assim $$. Esquecem dos demais e não fazem um calendário para as equipes que não disputam a série B do Brasileiro. Claro que má admistradores também foram responsáveis. Assumiam o clube apenas para vender jovens promessas. De 97 a 2002 as coisas pioraram muito, de 2003 a 2008 tivemos uma calmaria com a quase ascensão pra série B em 2006, mas hoje garanto que o FAC está de volta aos trilhos por ser administrado por pessoas que conhecem as dificuldades impostas por tudo e por todos desse estado, com ações de marketing (como o sócio torcedor) visando o soerguimento do patrimônio e da marca Ferroviário. Por isso é questão de tempo o Ferrão conquistar mais títulos... Que comece com uma ascensão dessa criminosa e repentina série D 2009 para a série C do Brasileiro.

Erivaldo Maciel Teixeira disse...

Moro na liberdade um bairro de São Paulo sp meu Nome é Erivaldo Maciel Teixeira tenho 30 anos e sou ferrim da época de Marcelo Veiga. Arimateia e Mazinho . Força ferroviario

Welligton Pereira disse...

Boa tarde, tive o prazer de jogar no juvenil do ferroviário ( treinador Rider, Zé Maria Paiva) jogadores da Época, Nenego goleiro, Dedé e Gilvan Zagueiro,Marquinhos volante, Gregorio, e tantos outros entre 1981e 1982. É de se lamentar que não encontramos quase nada sobre os juniores. A maioria dos jogadores eram do João XXIII. Fui reserva do ponto esquerda Bosco, pois naquele tempo ainda existia os pontas fixos. Se alguém tiver algum dado ou fotos da época divulguem .