domingo, 15 de novembro de 2009

do fundo do baú

No dia 23 de Novembro de 1941, num Domingo, Fluminense e Flamengo se defrontaram em partida disputada no Estádio da Gavea em jogo que decidia o Campeonato Carioca daquele ano e os tricolores com o empate levou o título para as Laranjeiras.

O Jogo

FLUMINENSE (RJ) 2 x 2 FLAMENGO (RJ)
Data: 23/11/1941
Campeonato Carioca
Local: Estádio da Gávea
Público: 15.312 pagantes
Renda: Cr$ 115.943,30
Árbitro: José Ferreira Lemos “Juca da Praia”
Gols: Pedro Amorim 20, Russo 25 e Pirillo 35/1º,Pirillo 40/2º
FLAMENGO: Yustrich, Domingos e Newton; Biguá, Volante e Jayme; Sá, Zizinho,Pirillo, Reuben e Vevé / Técnico: Flávio Costa
FLUMINENSE: Batatais, Renganeschi e Machado; Mallazo, Brant e Afonsinho; Pedro Amorim, Romeu, Russo, Tim e Carreiro / Técnico: Ondino Vieira.
Obs: Carreiro foi expulso; Fluminense Campeão Carioca

Principais artilheiros do Campeonato
Pirillo (Flamengo): 39 gols.
Rongo (Fluminense): 25.
Heleno (Botafogo) : 24.
Isaías (Madureira): 20.
Lula (Bangu) : 19
Pedro Amorim (Flu): 19
Pascoal (Botafogo): 18

O Craque: Tim
Elba de Padua Lima foi um dos maiores dribladores da história do futebol brasileiro. Seu característico corte seco para os dois lados deixava os adversários sem ação mesmo que fosse em espaço muito pequeno. Sua colocação em campo o transformava num terrível abridor de defesas. Seus passes desnorteavam os zagueiros e sua presença diante do gol fazia dele um goleador implacável. Era um craque quase perfeito.

Tim nasceu na cidade paulista de Ribeirão Preto em fevereiro de 1912. Aos doze anos jogava no infantil do Botafogo. Três anos depois já estava no time principal. Em 1934 foi para a Portuguesa Santista por 500 mil réis mensais. Mesmo jogando num clube modesto, mostrou seu futebol habilidoso e foi convocado para a seleção paulista e foi campeão brasileiro em 1935. No ano seguinte já estava na seleção brasileira. No campeonato sul-americano realizado em Buenos Ayres, recebeu da imprensa argentina, o apelido de El Peon. Quando retornou se transferiu para o Fluminense por vinte mil contos de reis de luvas e um conto mensal.

No futebol carioca começava sua consagração definitiva. O Fluminense era uma verdadeira seleção paulista. Tim foi campeão carioca nos anos 1936/37/38 e convocado para a seleção brasileira que disputou a Copa do Mundo de 1938 na França. Quando retornou ao Brasil, ganhou mais dois títulos de campeão carioca: 1940/41. Em 1942 foi novamente convocado para a seleção brasileira. Já com trinta anos de idade, jogou no São Paulo. Depois passou pelo Botafogo e Olaria do rio de Janeiro. Encerrou sua carreira na liga pirata da Colômbia em 1950. No ano seguinte iniciou sua vitoriosa carreira como técnico no Bangú. Foi campeão carioca pelo Fluminense em 1964 e pelo Vasco em 1070. Também treinou Flamengo. Coritiba. Botafogo. San Lorenzo da Argentina. São José do Rio Preto. Internacional de Limeira e a seleção peruana na copa do mundo de 1970. Elba de Padua Lima morreu no dia 7 de julho de 1984.

Clubes
1931-1934: Botafogo-SP
1935-1936: Portuguesa Santista-SP
1937-1943: Fluminense-RJ
1943-1944: São Paulo Railway (Nacional-SP)
1944-1947: Botafogo-SP
1947-1949: Olaria-RJ
1950-1951: Atlético Junior Barranquilla - Colômbia

Copas do Mundo:
1 jogo , 1 vitória
Pela Seleção Brasileira:
16 jogos , 8 vitórias , 2 empates , 6 derrotas , 1 gol

Fontes: rsssf brasil,www.sambafoot.com.br,www.museudosesportes.com.br

Um comentário:

Mauricio disse...

Olá amigo, você página é muito boa e interessante informação esportiva.Saludos y visitame