segunda-feira, 15 de março de 2010

Artilharia do Torneio Rio-São Paulo de 2002

Vamos seguir a seção de artilheiros com o Torneio Rio-São Paulo de 2002:

Com 19 Gols: França (São Paulo)

Com 17 Gols: Dodô (Botafogo)

Com 13 Gols: Washington (Ponte Preta); Romário (Vasco)

Com 12 Gols: Ricardo Oliveira (Portuguesa)

Com 10 Gols: Mágno Alves e Roger Flores (Fluminense)

Com 9 Gols: Juninho Paulista (Flamengo)

Com 8 Gols: Jean Carlos (Paulista de Jundiaí); Christian (Palmeiras); Robert (Santos)

Com 7 Gols: Leandro (Corinthians); Brandão (São Caetano); Kaká e Reinaldo (São Paulo)

Com 6 Gols: Ricardinho (Corinthians); Nenê (Paulista de Jundiaí); Itamar (Palmeiras)

Com 5 Gols: Gil Bala (América RJ); Taílson (Botafogo); Deivid e Gil (Corinthians); Marcinho (Guarani); Vágner Mancini (Paulista de Jundiaí); Aléx (Palmeiras)

Com 4 Gols: Leonardo Fabiano (América RJ); Zada (Bangu); Rogério (Corinthians); Andrézinho (Flamengo); Dudu e Martinez (Guarani); Arce e Muñoz (Palmeiras); Evandro e Sinval (Portuguesa); William (Santos); Aílton e Anaílson (São Caetano)

Com 3 Gols: Rondinelli (Americano); Renatinho (Bangu); Alexandre e Leonardo Inácio (Botafogo); Renato (Corinthians); Felipe Melo, Juan, Leandro Machado e Roma (Flamengo); Flávio (Fluminense); Cléber e Thiago (Paulista de Jundiaí); Mineiro (Ponte Preta); Édson Araújo (Portuguesa); Cléber (Santos); Adãozinho (São Caetano); Belletti e Rogério Ceni (São Paulo); Euller e Léo Lima (Vasco)

Com 2 Gols: Luciano Viana, Marcelão, Pelica, Washington e Wellington (Americano); Fabiano, João Rodrigo e Wellington Jacaré (Bangu); Felipe (Botafogo); Luizão (Corinthians); Fernando e Petkovic (Flamengo); César, Júlio César e Paulo César (Fluminense); Edu Dracena (Guarani); Alexandre e Magrão (Palmeiras); Jackson e Marcinho (Paulista de Jundiaí); Adrianinho, Elivélton e Lucas (Ponte Preta); Diego e Marcelo Silva (Santos); Somália e Wagner (São Caetano); Adriano, Gabriel, Gustavo Nery, Jean Narde e Souza Potiguar (São Paulo); Ely Thadeu, Felipe, Leonardo e Souza (Vasco)

Com 1 Gol: Clécio, David, Jackson, Ratinho, Ricardo Mendes e Tinho (América RJ); Andrézinho, Andrinho, Camilo, Dudu, Flavinho, Jack Jones e Wéderson (Americano); Bruno, Bruno Lazaroni, Léo, Luiz Carlos e Marquinhos (Bangu); Carlos Alberto e Leândro Eugênio (Botafogo); Fabinho, Fábio Luciano, Fumagalli, Kléber, Scheidt e Vampeta (Corinthians); Anderson, Flávio, Leandro Ávila e Leonardo (Flamengo); Fábio Mello, Fernando Diniz, Marcão e Régis (Fluminense); Daniel Vítor, Gustavo, Léo Augusto e Zé Afonso (Guarani); Adriano, Claudecir, Fernandes, Galeano, Juninho e Leonardo Moura (Palmeiras); Dedimar e Thomas (Paulista de Jundiaí); Humberto, Jean, Marquinhos, Orlando, Roberto, Rodrigo e Rodrigo Chagas (Ponte Preta); Márcio Goiano, Ricardo Lopes, Sílvio Criciúma e Uribe (Portuguesa); André Luís, Douglas, Michel, Odvan, Oséas e Preto (Santos); Daniel, Marcos Senna e Serginho (São Caetano); Emerson Carvalho, Reginaldo Araújo e Wilson (São Paulo); Aléx Oliveira, André Leone, André Silva, Géder e João Carlos (Vasco)

Gols Contra: Leonardo Fabiano (América RJ) a favor do Paulista de Jundiaí; Fabiano (Botafogo) a favor do São Paulo; Márcio Santos (Paulista de Jundiaí) a favor do Flamengo

OBS: Na época, o Paulista de Jundiaí era chamado de Etti Jundiaí devido a parceria que fez com a Parmalat. Nesse mesmo ano, a empresa se retira das atividades e o nome do clube volta a ser Paulista de Jundiaí através de um plebiscito.

Até a próxima.

Nenhum comentário: